Governador do Rio, Wilson Witzel é afastado pelo STJ por suspeitas de irregularidades na saúde.

Governador do Rio, Wilson Witzel é afastado pelo STJ por suspeitas de irregularidades na saúde.

Agosto 28, 2020 0 Por Simone Gomes

Com o pedido de afastamento de Witzel, o vice, Cláudio Castro, assume o governo do Rio de Janeiro.

governador Wilson Witzel (PSC) foi afastado do cargo, na manhã desta sexta-feira (28), por uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O afastamento é por irregularidades em contratos na saúde. Com o pedido de afastamento de Witzel, o vice, Cláudio Castro, assume o governo do Rio de Janeiro.  A medida tem prazo inicial de 180 dias.

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã uma operação para afastar o governador. A ordem de afastamento e os mandados de prisão são decorrência das investigações da Operação Favorito e da Operação Placebo. As duas operações foram deflagradas no último mês de maio.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República, também são alvos de mandados de busca e apreensão o vice-governador, Cláudio Castro (PSC), e o presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano (PT) e a primeira-dama do Rio, Helena Witzel.

Os policiais também prenderam o presidente do PSC, pastor Everaldo, e têm mandado de prisão contra o ex-secretário estadual Lucas Tristão, braço direito de Witzel. A operação Tris in Idem ocorre por ordem do ministro Benedito Gonçalves, do STJ.

Witzel é também alvo de um processo de impeachment na Assembleia Legislativa do Rio – o processo está travado, com recursos sobre a tramitação sob análise do STF.

Fonte: Diário do Nordeste.