Padre desaparece ao escorregar em pedra e cair de cachoeira em MG

Padre desaparece ao escorregar em pedra e cair de cachoeira em MG

Janeiro 25, 2021 0 Por Simone Gomes

Durante um passeio familiar nesse domingo, 24, o padre Paulo Roberto Marques, de 42 anos, vigário da catedral metropolitana de Montes Claros (MG), escorregou e desapareceu na Cachoeira da Roleta, na zona rural de Buenópolis. O Corpo de Bombeiros foi acionado e faz buscas pelo local, mas sem êxito. As informações são do portal UOL.

Na noite de ontem a procura pelo religioso foi suspensa, porém os trabalhos foram retomados hoje. O padre e seus familiares chegaram ao distrito de Curimataí por volta das 14 horas do domingo. O grupo decidiu já de imediato se deslocar até a cachoeira, e passar o restante da tarde por lá.

No caminho, no entanto, o padre Paulo Roberto escorreu em uma pedra e caiu. A queda foi de aproximadamente 15 metros. A família procurou de todas as formas, mas não encontrou o sacerdote. Assim, o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado.

É um local com dificuldade de sinal. A equipe só deve nos atualizar quando encontrá-lo. A gente só pode confirmar a morte quando encontrarmos o corpo”, disse o soldado Braga. 

A Arquidiocese de Montes Claros lamentou a possível morte do padre. Por meio de nota, arcebispo metropolitano dom João Justino de Medeiros Silva comunicou a perda do padre Paulo Roberto e anunciou que o sepultamento acontecerá no município de Bocaiúva. 

“Pedimos as orações de todos, especialmente pelos pais e irmãos do padre Paulo. Nesse momento, reforcemos nossa comunhão e cultivemos as boas recordações desse irmão que amou a Cristo e serviu a Igreja”, diz a nota.

Nas redes sociais, amigos já começaram a deixar mensagens de pêsames. Contudo, até as 12h50min desta segunda-feira, 25, o corpo do religioso ainda não havia sido encontrado pelo Corpo de Bombeiros. 

(O Povo)