São Paulo confirma caso da variante da Índia em passageiro que chegou do país

São Paulo confirma caso da variante da Índia em passageiro que chegou do país

Maio 26, 2021 0 Por Simone Gomes

São Paulo confirmou o primeiro caso da variante do coronavírus originada na Índia, a B.1.617. A informação é da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. 

O passageiro é um homem de 32 anos que veio da Índia e desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, na última sexta-feira (22). Ele mora em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, e circulou pelos dois estados. 

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que identificou o caso, o passageiro apresentou teste RT-PCR negativo para Covid-19 ao embarcar, exigido para todos os pacientes. No Brasil, ele fez outro exame no aeroporto, mas viajou para o Rio de Janeiro antes de receber o resultado.

O laboratório onde ele realizou o exame notificou a Anvisa, que contatou outros órgãos sanitários. O Instituto Adolfo Lutz, da Secretaria da Saúde de São Paulo, fez o sequenciamento genético do vírus e confirmou a variante indiana. 

A Secretaria da Saúde afirmou que iniciou as medidas de investigação epidemiológicas necessárias imediatamente após ser comunicada do caso. 

“Foi solicitada a lista completa dos passageiros do voo, além dos nomes de todos os funcionários do aeroporto, laboratório e dos contatos do passageiro para isolamento e monitoramento. As equipes de vigilância do Rio de Janeiro também foram imediatamente notificadas para o acompanhamento do caso”, disse a pasta, em nota. 

VARIANTE NO BRASIL 

Não foi registrada transmissão comunitária da variante no país, mas diversos casos são investigados. O Maranhão já confirmou casos da variante em um navio que chegou da Ásia. O Ceará e o Pará investigam casos suspeitos. 

O Maranhão confirmou os primeiros casos da nova variante no País, na última quinta-feira (20). A Secretaria de Saúde do Estado disse que a B.1.617 foi detectada em seis amostras coletadas em tripulantes do navio MV Shandong da ZHI, com bandeira de Hong Kong, ancorado em alto-mar na costa de São Luís desde o dia 7 de maio.

Um dos tripulantes da embarcação está internado e outras 100 pessoas que tiveram contato com os infectados ou no mesmo ambiente em que eles estiveram estão sendo monitoradas. 

Na última sexta-feira (21), a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) informou que foi notificada pela Anvisa para que monitorasse um caso suspeito da varianteda Índia em Fortaleza. 

O paciente é um homem de 35 anos vindo da Índia, que desembarcou em Fortaleza no dia 9 de maio. Segundo a Sesa, ele teve resultado positivo para Covid-19 em dois exames RT-PCR nos dias 10 e 11. 

Já no sábado (22), a Secretaria Estadual da Saúde do Pará revelou que investiga dois casos suspeitos de infecção pela variante indiana no município de Primavera, a 199 km de Belém.

(Diário do Nordeste)